Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on abr 8, 2014 in Cultura, Sem categoria | 0 comments

Rapunzel e mais alguma história cabeluda

Festival de Teatro em Curitiba

Fim de semana passado estivemos em Curitiba, para o Festival de Teatro. Meu marido é jornalista e às vezes escreve algumas críticas no jornal A Notícia, de Joinville. Fomos para que ele assistisse à algumas peças e fizesse suas matérias e aproveitamos para assistir alguma peça infantil.

foto (9)

Viajar, estar fora de casa é uma experiência maravilhosa para as crianças. Sair da rotina e conhecer lugares inusitados e transitar por ruas desconhecidas é um grande barato para os pequenos. Curitiba é uma cidade linda, além de muita limpa e com muita história (preservada) para contar. Suas ruas, casas e o comércio intenso, além de prédios imensos fazem os olhinhos do Kenzo, meu filho, brilharem. Ele sempre diz que adora ir à Curitiba.

Fico muito feliz com isso porque Curitiba transpira e transborda Cultura.

Desta vez ficamos num hotel bem pertinho do shopping e é uma tentação para os pais não levar as crianças ao shopping onde encontramos programas e atrações para todas as idades, além da comodidade de estacionamento, praças de alimentação para todos os gostos e bolsos e o já tão manjado espaço kids, com brinquedos eletrônicos, brinquedos de parque de diversão e até cinema 3D.

Fazíamos os habituais passeios ao ar livre pela manhã e à tarde algum programa cultural. Para minha mais plena felicidade, fomos ao Museu Ferroviário e depois ao teatro, tudo dentro do Shopping Estação. Fomos ao Teatro Regina Vogue, a porta de entrada ostentava tantos cartazes de peças que fiquei impressionada. Vocês vejam, um único teatro em Curitiba com uma variedade de espetáculos, independentes do festival de teatro e do Fringe que estavam acontecendo naquela semana, já que as temporadas se estendiam para além do fim do festival. Em Joinville, absoluta vergonha, temos o Teatro Juarez Machado que eventualmente apresenta alguma peça e geralmente abriga eventos e afins e pior, temos vários grupos de teatro cujas peças não têm temporada, apenas algumas apresentações aleatórias, vide o público faltante na maior cidade do estado.

Enfim, fomos assistir à Rapunzel e mais alguma história cabeluda, que conta a história de uma menina que vive só com sua mãe e que desaparece. Um apresentador de TV vai até a casa da menina sumida entrevistar a mãe sobre o caso. Toda a história se desenrola a partir daí, num vai e volta super divertido entre o passado e o presente para podermos compreender o que realmente aconteceu com Rapunzel.

Detalhe para as baratas que dançam rap e que são narradoras, além de hilárias. A peça tem uma pegada teen muito forte, visível no figurino e na fala dos personagens apesar de indicada para crianças a partir de 6 anos. O texto não é fabuloso mas traz uma mensagem sobre as diferenças e o bullying, além de deixar claro que as coisas realmente não são como parecem ser. Vale uma ida ao teatro, sem dúvida.

Ficha técnica
Elenco: Michelle Rodrigues, Renet Lyon, Jana Mundana, Tiago Luz, Raphael Fernandes ,Jeff Franco, Nathan Milléo Gualda
Data: 15 de março até 01 de junho de 2014
Horário: Sábados e Domingos 16hs
Gênero: Infantil
Duração: Aprox. 1hr
Classificação: Livre, indicada para crianças a partir de 06 anos
Ingressos: R$ 25,00 inteira ou R$ 12,50 meia
Informações- (41) 2101-8292

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: