Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on abr 5, 2010 in Moda | 0 comments

Sexta-feira SANTA!



Sexta-feira Santa dei um pulo até o shopping sem pretensão nenhuma, apenas pagar uma conta rapidinho. Até porque meu filho e marido estavam junto e é impossível ver vitrines (que dirá comprar alguma coisa) com os dois a tiracolo. O primeiro porque está descobrindo o mundo e quer explorar cada pedacinho da loja, o segundo porque não tem a mínima paciência. (Será que é só o meu?!)

 

Na minha infância a gente precisava comprar tudo na quinta-feira, pois tudo fechava e só abria de novo na segunda. Agora TUDO fica aberto em plena Sexta-feira Santa! Gente, eu sou católica, tive formação religiosa (ainda que tardia, fui batizada só porque pedi, e aos 7 anos) era tudo tão mágico, tão cheio de simbologia, tudo muito bonito, eu achava aquilo tudo bacana. Para os interessados em resgatar o sentido da Páscoa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sexta-Feira_Santa Não que eu queira dar lição de moral aqui, longe disso; mas achei importante registrar.
Enfim, passei, rapidamente na TNG e dei uma espiadela na vitrine, queria ver a nova coleção (que vi pela TV no Fashion Rio, com o maravilhoso Tiago Lacerda e a simpática Taís Araújo) mas dei de cara com uma vitrine tão estranha que mal prestei atenção nas roupas! A cabeça dos manequins eram ilustrações de mídia, explico: no lugar da cabeça do manequim existia uma foto de um aparelho de som, noutro de um fone de ouvido e assim por diante. Não gostei. Fiquei atordoada e não pude ver todos os xadrezes – que eu adoro – nem os cetins com peles, a modelagem ampla, viva o conforto! Os tecidos com textura, as polainas! Usei muitas polainas nos anos 80! Para compensar a crítica taí um filminho que “roubei” da UOL porque no YouTube demorou muito para carregar!
Bem, outra crítica – e até mandei email simpático falando sobre isso – foi para a foto da editora da revista Moda Moldes deste mês. Edição de aniversário! Com Fátima Bernardes na capa e a editora da revista ali, na primeira página, com uma produção tão simplezinha, sem make-up nenhum, com a camisa apertada, enfim, nada legal. Outro dia discutia isso com uma amiga; se a pessoa é pública ou se representa algum veículo precisa estar de acordo né não?! Isso aí people! Beijins.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: