Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on maio 1, 2010 in Comer | 0 comments

Dinner in the sky

Que tal jantar a 50 metros do chão, apreciando a vista e o jantar de um grande chef? Essa é a experiência que a Brastemp trouxe para o Brasil a exemplo do evento que já aconteceu em várias cidades do mundo. Enquanto as pessoas aguardam ficam bebericando e conversando num lounge super descolado, 27 pessoas privilegiadas acomodam-se nas cadeiras, evidentemente com cintos de segurança, claro, e são içadas por um guindaste para iniciar uma experiência que, ao meu ver, deve ser única e bárbara. Pensa!!?
Claro que eu, a louca, corri para conseguir reserva, para mim e mais 4 amigos, para o jantar nababesco, sem saber preço, passagem (para Sampa), se meus amigos iriam. Consegui 4 vagas, mais para aquela noite às 20 hrs! Nem com minha super vassoura conseguiria chegar a tempo. Estar assim tão próxima de quase jantar nas alturas me fez pensar em comida. Comer, alimento, fome.
Aí já estragou minha fantasia, minha ilusão, meu chiquê de comer a 50 metros do chão do Jockey Club de São Paulo, vendo aquela metrópole pulsando desvairada com todas as suas luzes e sons num balé frenético e inesperado. Fiquei com aquele pensamento pobre, de gastar uma grana boa com passagens, com o evento propriamente (que não deve e nem pode ser custar pouco), com a vida difícil de muitas pessoas e nem é preciso ir longe, pois a minha própria secretária aqui de casa passa um treze para cuidar dos cinco filhos…
Aí cai na política DilmaxSerra e lembrei do Lula com o Fome Zero, lembrei do Haiti, das enchentes de quanto alimento é perdido e estragado todos os dias nas casas, nos restaurantes, como a gente disperdiça o que tem…
E percebi que para eu participar de um jantar desses, sem culpa nenhuma, só estando com a cabeça nas nuvens e os pés a 50 metros do chão!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: