Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on set 27, 2017 in Cultura, Divulgação, Joinville | 0 comments

(IN)Consciente Coletivo em sua 11ª edição aposta em curadoria e projetos autorais

O (IN)Consciente Coletivo volta a ocupar as mentes apreciadoras da criatividade em Santa Catarina, com sua 11ª edição nos dias 30 de setembro e 1º de outubro de 2017, em Joinville. Reforçando a proposta de ser uma grande vitrine criativa no Estado, o Festival vem ampliando seus horizontes, e além das marcas autorais de design e moda,  irá contemplar uma área para divulgação de serviços, feira de arte, produtos e impressos; gastronomia; atividades e apresentações musicais, além de manter o compromisso de oferecer experiências culturais e inovadoras aos participantes.

Para esta edição, novamente a organização do Festival apostou na curadoria de expositores e participantes – processo que é fruto do crescente número de inscritos, a cada edição. Para a 11ª, foram selecionados 89 projetos de mais de 150 inscritos. O foco para a seleção da curadoria, que contou com a participação dos expositores Rafael Ribeiro e Tati Fidelis e do designer Jorge Pietruza, foi o uso do design como ferramenta e diferencial, além da autoria própria e da valorização das produções de pequena e média escala.

— Nosso objetivo é estabelecer um DNA criativo de Santa Catarina. A cada edição, nós buscamos por novos nomes, sempre trazendo pessoas diferentes para o Festival. Queremos que o INC mostre pra sociedade que Santa Catarina não é apenas um polo industrial, mas que também é muito criativo e temos muitas ferramentas e condições de colocar em prática projetos autorais — destaca Ana Carol, sócia fundadora e idealizadora do (IN)C.

Além disso, o (IN)C busca inscrever a criatividade também na escolha da sede do Festival, que tem como característica ser itinerante e já foi realizado em espaços como shopping, teatro, e centros culturais. Para esta edição, o local escolhido foi o Edifício Pixel, empreendimento residencial recém-concluído pela Viplan Engenharia. Durante o (IN)C, expositores e participantes irão ocupar diferentes ambientes do prédio, inclusive as garagens.

– Nós acreditamos em projetos de colaboração que levem o design e os novos designers ao público, então o (IN)C veio ao encontro das nossas ideias e nós conseguimos nos conectar muito bem. E é também uma questão de dar apoio e suporte, pois sabemos das dificuldades que existem em estruturar e manter um projeto como esse –  salienta Ana Rita Vieira, arquiteta e diretora da Viplan Engenharia.

Estreantes e veteranos

Nome conhecido do mercado de arte em Santa Catarina e mesmo fora o Estado, o catarinense Nestor Junior irá participar pela primeira vez do Inconsciente Coletivo em Joinville, na feira de impressos, com desenhos em diferentes tamanhos, formatos e suportes. Para ele, que está habituado a exposições e mostras de arte, as feiras ainda são uma novidade.

— Comecei a investigar a linguagem de feiras esse ano. A proposta do (IN)C que tenho acompanhado ao longo das edições, via redes sociais e depoimentos de amigos participantes, é a valorização do pequeno produtor e do trabalho autoral, além do cuidado na curadoria, o preparo e a estrutura têm se mostrado bastante organizados. Foi o que me motivou a participar da convocatória — destaca o expositor.

Já Ana Gern, idealizadora da Ana Gern Acessórios, é veterana no Festival, participando desde a primeira edição. Para ela, o (IN)C foi e continua a ser uma grande vitrine, não apenas para dar visibilidade aos trabalhos, mas também para proporcionar um espaço de intercâmbio e conexões entre criativos, empreendedores e público – movimento que vem reverberando no Estado como um todo.

— A partir do (IN)C, as marcas e os empreendedores puderam aparecer, tornando a produção menos isolada. Com isso, muitas portas se abriram, inclusive para outras feiras que antes não existiam. Pessoalmente, vejo (IN)C como uma construção coletiva: eu cresci com o (IN)C e o (IN)C também cresceu comigo – pontua Ana.

Origens

O (IN)Consciente Coletivo surgiu em 2012, quando três amigas – a designer gráfico Ana Carol Carvalho, a designer de moda Sarah Pinnow e a também designer de moda Bruna Starling, com trabalhos na área de criação se juntaram com o propósito de divulgar e comercializar seus produtos e projetos na região de Joinville, agregando ao trio outros criativos interessados na mesma ideia.

A cada edição, a proposta foi se tornando mais conhecida e sólida, completando quase seis anos no calendário da cidade como um festival multiformatos que extrapola a região Norte e atrai participantes de todas as regiões do Estado. Para o 11º festival, a equipe de organização também se renova e juntam-se a Sarah e Ana Carol na organização do evento Andréa Bartossewiez, Arthur Rancatti e Luiza Pedroso.

EXPOSITORES

Gastronomia: Aguardente Imaculada; BeeFree Gastronomia Funcional, Castelo do Monte Café; Casal Tapioca; Delicore Artesanal; Molly Food Bike, Nutri Woods; Urban Garden; Yass!Vegan;  Zeit Cervejaria.

Feira de Impressos: Editora Micronotas; Luiz Ferreira, Nestor Jr.; Mac Schwanke; Rafael Moreno; Rafael Lunardon; Via; Rosha Illustration.

Serviços: Amor de Casa Decor; Justa Causa;  Rastro Soluções Sustentáveis – Programa Lixo Zero; Reserva.pet Hotel e Lazer.

Produtos: Amagnolia + Reuso; Apoena Bolsas; Àgora520; Andréa B; Ana Gern; Afeto Fraldas Modernas; Almazon; Apiaba Cool Keepers; Baby Chubby; Brotherwood; Cabanas Beatriz Mimos em Pano; Caderneto; Carol Dutka Moda e Arte; Colchetes + Ana Terra; Crocheteria Maria Leque; Dood Wood Design; El Clandestino; Evols; Ellan Naturalmente;  Franciscana; Fe Sponchi;
Funcionárias; Lohas Store; Florida Feito à mão; Gennuina; INK; Ipyana Acessórios; Its Skateboard; Jana Bijoux; Krugans Praia; La Coroa, Lardic; Letícia Michels Atelier; L`Odorat Saboaria & Cosmética; Mary Lemon; Midalia Lima; Nangara, Relva Manifesto; Renata McCartney Home; Roadie Co.; SantaCosta; RDCL; Yeah!Pet Store; Veine.

Feira de Arte: Denise Schlickmann, Murilo Rafael, Nicolly Todt, Marc Engler;

Projetos sociais: AIESEC; Mulheres de Mafra.

Atividades e intervenções:
Teatro Lambe Lambe – Essaé Cia; Editora Micronotas – performances de leitura; Oficina do Aprendiz – Espaço Kids, O Tropicalista – intervenção Lambe-Lambe no elevador.

Palco:
Gandhi Martinez
Choro Jazz Instrumental

Atrás do Pensamento
músicas-poema e trilhas sonoras
DUBADULAQUE
Música Instrumental Experimental
A Voz do Trovão
MPB contemporânea
Jesus Luhcas
MPB – Samba Rock

No domingo: (IN)C TALK – Convidado Especial

APOIADORES: Boa Vista Plantas Ornamentais, Centro Europeu, Cooperativa de Trabalho Guarda-Chuva Cultural, Design Univille, Firma Coletivo de Bandas, Fliperama Espaço Colaborativo, Hotel Mercure; Metroquadrado Arquitetura, Oceano / Keep the Ocean Blue, Rádio Atlântida, Rádio Itapema, Rastro Soluções Sustentáveis, Soufa, Softville; Viplan Engenharia / Edifício Pixel;  Zeit Cervejaria.


Serviço:
11º (IN)Consciente Coletivo – Festival da Cultura Criativa
30 de setembro e 1º de outubro
Das 11h às 20h
Edifício Pixel – Rua Gothard Kaesemodel, 1068 – Anita Garibaldi, Joinville / SC
Programação Completa em: www.inc.art.br/11
​Entrada: Gratuita​


Importante: Este texto de divulgação foi reproduzido na íntegra tal qual foi recebido pela assessoria do evento 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: